Cultura

Dica – Série Netflix – Easy

Easy, uma série recentemente lançada pela Netflix, tem como tema: Relacionamentos. Em geral, não apenas afetivos, mas entre amigos, irmãos.

screen-shot-2016-09-01-at-10-51-49-am

A série é bastante simples, cada episódio entrega uma história diferente, mas a simplicidade é profunda, os fatos ocorrem de maneira simples, é como se fosse um dia normal das pessoas envolvidas, mas a grande sacada da série é o que fica subtendido.

Easy, se você não sabe inglês: “Fácil”. A série vem para mostrar o quão fácil é se relacionar com as pessoas, bastam apenas 2 ingredientes: Aceitação e diálogo. Easy, não?

Uma animação da Netflix que também recomendo arduamente: Bojack Horseman, uma cena passa um ensinamento parecido, nada começa do dia para a noite, tudo que se faz com regularidade se torna fácil, e com o tempo fica no automático. ITS GETS EASIER!

As pessoas costumam se estressar facilmente com quem se relacionam, arrumar problemas por coisas tão simples, como por exemplo: Ex-namorados, mentiras, omissões. E tudo o que é preciso fazer é…falar, e quando o diálogo vem do outro lado…aceitar, ouvir. e se realmente existe algo, ele estará ali, não importam os outros fatos.

Tá certo que muitos acreditam que relacionamentos não são tão fáceis assim, as vezes ao ouvir é difícil aceitar o que está sendo proposto, mas com estes dois primeiros passos, tudo se torna mais fácil ou easy, se preferir.

Compartilhe

Como seria se Breaking Bad fosse um vídeo game

O canal genial Toon Doom fez uma nova animação com a temática de Breaking Bad sendo transformada em um jogo, e estou neste momento mandando e-mails para programadores que possam fazer esse jogo pra mim porque eu quero jogar.

Mesmo depois desta animação linda, eu ainda tenho como favorito o vídeo da versão 8 bits do filme Psicose.

thumbnail sss

Compartilhe

Olimpíadas trazendo música para os meus ouvidos

Belle and Sebastian lança música em homenagem à Vila Olímpica do Rio

5_2A alegre “Olympic village, 6 AM” (Vila Olímpica, 6h da manhã) é toda instrumental Via: G1

Uma música somente instrumental, porque não tiveram tempo de terminar as gravações do vocal, uma ótima homenagem às empreiteiras do Rio 2016, que também não conseguiram terminar algumas obras.

A música é incrível, e poderia facilmente ser a substituta para a música do Domingo espetacular “ PA PA PA PA PA PA PA PA PA” que vamos combinar já passou faz tempo da validade.

Compartilhe

Um filme por dia #14–A vida marinha com Steve Zissou

Eu já manifestei aqui a minha paixão pelos filmes de Wes Anderson. E com este não é diferente.

vidamarinha_012

Antes de tudo, devo dizer que Wes Anderson é um apreciador da cultura brasileira, e é difícil ver algo do Brasil sendo representado com elegância em Hollywood, neste caso foi  música, a trilha sonora do filme é toda ou boa porta tocada por Seu jorge, que também é um personagem do filme, tá certo que é um pouco estereotipado ele ter o nome de Pelé, mas tudo bem, podemos relevar.

O filme é sobre um documentarista da vida marinha, o título descreve bem isso, né? Ele entra em uma nova missão para gravar novas coisas, mas no meio disso há: Uma grávida, a separação do astro principal, crises existenciais, e um filho desconhecido e revelações impactantes.

Todo o cenário é trash, mas a intenção e essa,fingir ser um filme baixo orçamento, mas com atores extraordinários, é visualmente bonito, os peixes são obviamente falsos, mas o ar da coisa é trazido deste jeito, e o principal de tudo é o amor de Steve Zissou (Bill Murray) pelo que faz.

a-vida-marinha-com-steve-zissou-2

Porque você deveria assistir este filme, deve estar pensando, não sei. Não acho um filme para todos, já indiquei para vários amigos e não gostaram, pelo simples fato de não entrarem na imersão do filme, o filme em nenhum momento que ser realista, é uma comédia, se quiser viver isso, irá se divertir, se levar muito à sério e não se impressionar pela riqueza de cores e visual presentes no filme, acho que não é um filme para você, infelizmente, não é um problema seu, é apenas questão de gosto.

Compartilhe

Um filme por dia #13–Afinado no Amor

Desculpem-me por mais de Adam Sandler, mas este filme é um clássico, um dos poucos filmes onde Drew Barrymore e ele atuam juntos, o que deve ser levado em consideração, já que “Como se fosse a primeira vez”é um dos melhores filmes de Adam.

tbfiexF0OWtTaCiaB6C3Z0eqnVa

Mais uma vez um fracassado, eu sei que é chato isso, mas este é diferente, além de fracassado foi largado no altar pela esposa, e não para por aí, qual o cúmulo dos fracassados? Cantores de churrascaria, certo? Ele vai um pouco além, e é profissional no ramo de cantar em casamentos. Irônico, largado em um casamento, e cantando todas as semanas para pessoas mais felizes e bem sucedidas amorosamente.

E assim vem o clichê, ele conhece o verdadeiro amor, oooownt, e é daí que começa o desenrolar da história.

Mas o que mais gosto neste filme não é a história e nem a caracterização de Adam Sandler neste filme (que é péssima, parece o Chitãozinho ou o Chororó), mas foi a descoberta da carreira de músico de Adam Sandler, seu personagem escreve músicas, e uma delas é maravilhosa, vai do ponto de amor e relacionamento ao ódio puro em segundos, e é uma música que está presente na coleção de músicas de carreira musical de Adam.

Afinado-no-Amor-838x471

Não achem que a carreira musical dele seja incrível, um homem super afinado ou um tenor, mas é no mínimo interessante.

O filme está disponível na Netflix, não é uma obra prima, está mais para o Trash do que outra coisa, mas o lance musical salva um pouco a normalidade do filme. Um filme diferente dos demais de Sandler.

Compartilhe

Um filme por dia #12–Minha mãe é uma viagem

É isso mesmo, um filme com título de sessão da tarde que eu considero um bom filme

.7403_1

Como um fã da comédia de Seth Rogen eu costumo assistir filmes com críticas ruins ou boas que tenha o mesmo no elenco. E com uma sequência de filmes uns iguais aos outros, este me chamou a atenção, Seth interpreta um fracassado (novidade), e com essa premissa de homem + fracasso, uma mãe com o perdão da obviedade, viajada, não no sentido de viajar, mas no sentido de doidinha.

Basicamente são mãe e filho em uma viagem de carro onde um tem um objetivo de destino diferente do outro, entre as paradas no meio do caminho o objetivo principal é o que realmente surpreende, é como Jeff e as armações do destino, é um filme simples, sem muito impressionar, mas o final, aqueles poucos minutos, não sei nem se chegam a 5, são o que salvam o filme e o tornar nota 3, mas um nota 3 que o final é nota 4,9 por emoção.

maxresdefault

Uma comédia leve que tem um final dramático e emocionante, que faz repensar em decisões da vida, e o objetivo dos filmes não são despertar alguma reação no espectador? Seja fazer rir, chorar ou refletir, este filme coloca os 3 pontos em equilíbrio, mas a reflexão fica ecoando em sua cabeça por semanas.

Disponível na Netflix (até quando ela decidir que estará disponível).

Compartilhe

Um filme por dia #11–Apertem os cintos o piloto sumiu

AIRPLANE (79)

Saudades da época onde podíamos fazer piada com abuso infantil, suicídio e afins, quer dizer, eu nunca vivi neste tempo, já que nasci em um mundo com o politicamente correto já estabelecido, mas na época que foi gravado Apertem os cintos o piloto sumiu, deve ter sido uma ótima época para se viver.

Falar sobre suicídio e abuso infantil em um filme é uma coisa muito difícil, ainda mais se for em um filme de humor, as pessoas podem pensar que rimos da situação, mas no filme, toda a forma de piada é utilizada com maestria, sabe quando tudo se encaixa, o filme é uma série de piadas que fecham em uma hora, se eu pudesse escolher um filme de comédia para assistir para sempre com certeza seria esse, não entedia, a duração é curta, e ele é realmente incrível.aperte

O título traz exatamente o que é o filme, o piloto sumiu e o pânico é instaurado, e as cenas são no aeroporto, na torre de controle, e o no avião, e a alternância destes locais é o que traz a comicidade, entre cada momento na cabine do piloto ou no corredor algo engraçado está sendo dito ou está acontecendo, parece que todas as formas de piadas foram postas em um papel e depois eles descobriram como encaixar todas elas em menos de 2 horas.

Se você é um apreciador de comédia, este filme não é uma dica, é uma obrigação, eu faço uma aposta com você que é garantido que irá achar engraçado, parece até chamada para o cinema ou para a sessão da tarde, mas… “Com est turminha, a diversão é garantida”.

Compartilhe